Lipo X Vibrolipo: saiba as diferenças entre cada procedimento e quais são suas vantagens e desvantagens

Crédito da imagem: pixabay.com

 

Lipo X Vibrolipo: saiba as diferenças entre cada procedimento e quais são suas vantagens e desvantagens
5 (100%) 3 vote[s]

Conheça mais sobre os métodos de remoção de gordura corporal e saiba qual escolher para ter melhores resultados

Como todos nós sabemos, emagrecer é praticamente o objetivo universal. Todas as pessoas em algum momento já pensaram em fazer uma dieta ou exercícios físicos para conseguir um corpo mais saudável e mais estético.

Dentro deste grande grupo de pessoas também existem aquelas que estão em busca de uma “forcinha extra”, procurando por suplementos ou por outras técnicas que podem ajudar a otimizar ou a facilitar todo o processo de queima de gordura.

A lipoaspiração se tornou muito famosa e um dos principais procedimentos dentro do mundo das cirurgias plásticas, e já há alguns anos, é tida como um dos principais procedimentos estéticos procurando pelas pessoas em todo o globo.

Com tamanha popularidade e demanda, era de se esperar que novas técnicas surgissem para aprimorar cada vez mais os resultados, segurança e até mesmo conforto dos pacientes que buscassem por elas, e foi nessa busca que a vibrolipo foi inventada.

Abaixo, nós falaremos para você todas as principais diferenças entre os dois procedimentos. Levando em consideração suas vantagens e desvantagens, além de outras informações importantes.

Pronta para saber mais a respeito? Continue sua leitura até o final!

 

Conhecendo mais sobre a lipoaspiração

A lipoaspiração já conhecida por todos é bem simples de explicar. O paciente quando preparado para cirurgia recebe de maneira subcutânea a aplicação de uma solução capaz de ajudar na quebra do tecido adiposo.

Esta substância é conhecida como solução de Klein, e contém a mistura de adrenalina, soro fisiológico e anestésico local. Após a aplicação, são realizadas pequenas incisões que irão variar de acordo com o cliente e os objetivos estéticos.

Normalmente, essas pequenas aberturas são feitas no abdômen, que é o local principal onde a lipoaspiração é realizada. Posteriormente, pequenas cânulas são introduzidas e em seguida realizam a sucção de gordura das áreas alvo.

A cirurgia leva algumas horas e comumente é realizada sob anestesia geral. Boa parte da gordura local é eliminada e o processo depende bastante da técnica e capacidade do cirurgião para trazer bons resultados.

Veja abaixo algumas das vantagens e desvantagens.

Vantagens

As principais vantagens envolvem:

  • Remoção quase total da gordura localizada;
  • Cicatrizes pequenas e praticamente imperceptíveis;
  • Pouco tempo dentro da sala de cirurgia;
  • Método seguro quando realizado com bom cirurgião plástico e quando o paciente se encontra em plenas condições de saúde.

Lembrando que o pós-operatório da lipoaspiração leva algumas semanas e existem algumas restrições que fazem com que a paciente tenha que se preocupar com sua rotina. Pensando nisso, veja abaixo alguns dos pontos negativos.

Desvantagens

As principais desvantagens são:

  • O procedimento é bem invasivo;
  • O pós-operatório demora um pouco e requer inúmeros cuidados;
  • Não é uma solução definitiva de emagrecimento;
  • Existe um limite para o volume de gordura que pode ser removido em uma única cirurgia, fazendo com que ela seja mais indicada para pessoas com pequeno sobrepeso ou que já se planejaram para alcançar os resultados desejados.

Como pode ser observado, existem pontos negativos que também devem ser levados em consideração antes de optar pela lipoaspiração como principal método para atingir o corpo ideal.

Abaixo, falaremos mais sobre a outra alternativa.

Conhecendo a vibrolipoaspiração e seus principais detalhes

A Vibrolipoaspiração é uma alternativa à lipoaspiração tradicional. Sua principal diferença consiste na metodologia de aspiração do tecido adiposo, que difere sensivelmente da maneira mais comum que é conhecida pela maioria das pessoas.

A princípio, a cirurgia é praticamente idêntica a seu antecedente: em um primeiro momento o paciente é colocado sob anestesia e em seguida é aplicada a solução de Klein nos locais em que se deseja remover a gordura.

Após esta parte, são realizadas pequenas incisões e são inseridas as cânulas para sucção. A principal diferença é que agora essas cânulas estão conectadas em um aparelho que causa uma vibração, o que aumenta a efetividade do procedimento.

Na lipo “comum”, o próprio médico é o responsável por esses movimentos. O que faz com que a otimização e até mesmo a diferença de técnica altere de maneira sensível os resultados finais.

Outro aspecto a ser mencionado — e que atualmente é debatido pela comunidade médica — são os traumas causados pela vibrolipo, que tendem a ser menores do que na lipoaspiração tradicional.

Veja abaixo algumas das principais vantagens deste método:

Vantagens

As principais vantagens da vibrolipoaspiração envolvem:

  • Menor agressividade ao organismo;
  • Procedimento mais eficiente, portanto, pode levar menos tempo dependendo de cirurgião para cirurgião;
  • Menor tempo de recuperação;
  • Reduz o inchaço e os hematomas característicos da lipoaspiração tradicional.

Todos esses benefícios fazem com que cada vez mais pessoas busquem pela vibrolipo como o método de escolha na hora de dizer adeus as gorduras indesejadas.

Desvantagens

As desvantagens são pequenas se compararmos com outras alternativas de remoção de gordura localizada, veja abaixo quais são elas:

  • O processo também é invasivo, afinal, se trata de uma cirurgia plástica;
  • Apesar da recuperação ser menor e mais tranquila, ainda existem cuidados com o pós-operatório;
  • Também não é uma solução definitiva para emagrecimento;
  • E também existe um limite máximo de volume total a ser aspirado em uma única cirurgia.

Como você pode ver, as desvantagens são semelhantes a lipo tradicional, o que não quer dizer que este procedimento seja pior.

Na verdade, esses aspectos fazem parte da própria natureza da cirurgia e das recomendações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que impõe os limites seguros para a aplicação da cirurgia e todos os critérios a serem seguidos pelo médico.

Não se esqueça que exercícios físicos e uma dieta balanceada são necessários para manter os resultados da cirurgia. Fora isso, uma bateria de exames no pré-operatório — o que também é chamado de “risco cirúrgico” — é imprescindível antes do procedimento.

E aí? Gostou do nosso conteúdo sobre a lipo e vibrolipoaspiração? Comente abaixo sua opinião e não deixe de tirar todas suas dúvidas sobre o assunto — temos certeza que você encontrará a melhor opção para conseguir o corpo dos seus sonhos!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!